Arraial de Belô

A prefeitura de Belo Horizonte criou, em 1979, o Forró de Belô, consolidando os vários grupos de quadrilha existentes na cidade e estimulando a criação de novos.

A partir de 1980, sob a coordenação da Belotur, o evento transformou-se no Arraial de Belô. Deixou de ser apenas uma grande festa para se transformar em um processo pedagógico e de identidade cultural.

Resgatou a tradição junina nas escolas municipais, na comunidade local e cada ano incentiva as quadrilhas infantis, no limite dos valores, no respeito e na busca da dignidade humana.

Unindo o tradicional ao contemporâneo, o evento ampliou o formato com uma programação visual personalizada. Tendo como base o diagnóstico gerado pelas pesquisas realizadas em 2007 e 2008, e implementado por ações definidas no Plano Horizonte – Marketing Turístico de Belo Horizonte, consolidou-se como produto turístico nacional.

No ano de 2010 foram desenvolvidas uma série de intervenções estratégicas para que o Arraial de Belô retomasse suas características originais, por meio da restauração e fortalecimento de sua identidade.

A valorização das raízes a e apresentação de agentes simbólicos da arte, cultura e tradições de nosso estado fazem com que o Arraial de Belô seja uma das fetais mais representativas de MINAS e da capital.

Ao lado do resgate das tradições regionais, busca- se a real inserção do evento no calendário artístico e turístico do calendário brasileiro, como um atrativo diferente de outras festas juninas existentes no país.

Para tanto, o Arraial de Belô 2012 mantém o fortalecimento desse conceito, tendo como eixo central os elementos básicos da festa – as quadrilhas e sua importância nas comunidades – e que o torna de fato, um grande atrativo turístico: único , forte e específico.

Anúncios

Sobre Palha Seca

O Grêmio cultural e recreativo Arraiá do Palha Seca, é reconhecido pela União Junina de Minas Gerais e possui registro de pessoa jurídica como projeto social instaurado no bairro Monte Azul, em Belo Horizonte. Conhecido como Palha Seca popularmente, consiste em um grupo de pessoas que trabalham em prol do resgate histórico-cultural mineiro representado pela dança, usando a quadrilha junina como principal vertente. O grupo conta com colaboradores que trabalham como equipe de apoio e além do presidente do grupo, contam com uma diretoria composta por um diretor de comunicação, um tesoureiro e um grupo de coreografia, todos dançarinos que exercem sua função de acordo com sua formação acadêmica, de forma voluntária. O grupo conta com 14 casais de dançarinos voluntários que começam a ensaiar no inicio do ano, já no mês de janeiro, em prol da qualidade e da fidelidade na representação do tema abordado pela quadrilha.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s